segunda-feira, Maio 2

[artigo] A saúde na blogosfera portuguesa

Vale a pena dar uma vista de olhos neste trabalho já que versa sobre os profissionais da saúde e a sua intervenção na blogosfera portuguesa. Será que também se identificam com as "motivações para ter um blogue" agora que já sabem utilizar a ferramenta?

João Canavilhas (2005). A saúde na blogosfera portuguesa. Covilhã: UBI. [disponível na biblioteca on-line de ciências da comunicação]
"Este trabalho pretende identificar os motivos que levam um profissional da saúde a entrar na blogosfera, seja para ler, seja para manter o seu próprio espaço, e de que forma se organiza a blogosfera da saúde em Portugal."

quinta-feira, Abril 21

[evento] Os Farmacêuticos no Sistema de Saúde

Evento promovido pela Ordem dos Farmacêuticos:

"Com o objectivo de aferir os aspectos mais relevantes da intervenção farmacêutica, que resulte num enquadramento global esclarecedor das funções e responsabilidades do farmacêutico, a OF está a promover a realização do Simpósio “Os Farmacêuticos no Sistema de Saúde”, que decorrerá nos dias 19 e 20 de Maio de 2005, no Auditório da Faculdade de Farmácia de Lisboa."

quarta-feira, Abril 20

[FAQ] «Member Profile» na barra lateral

Como já mais do que um me solicitou informação para fazer aparecer os elementos constantes do «Member Profile» na barra lateral, e uma vez que a minha sugestão ao PC funcionou (weblog Liderança), sugiro que sigam estes passos:

"Quando se convidam pessoas a colaborar no nosso blog, o blogger.com substitui o nosso profile pelos nomes de cada um dos indivíduos que chamámos a colaborar, na secção do template que diz "Begin #profile-container"

Se retirar os colegas na secção «Members» dos settings do seu blog (cuidado para não se retirar a si próprio) e voltar a fazer o «republish» do weblog deve ficar com o problema resolvido."

segunda-feira, Abril 11

Gostar de inovar

Confesso que a vertente “diarista” que é mais facilmente associada aos blogs, não me atraiu quando a Mónica começou a partilhar comigo o seu entusiasmo por este meio de comunicação e quando ainda eram poucos os que a conheciam e menos ainda os que a usavam em Portugal. Porém, cedo verifiquei que havia muito potencial nesta ferramenta que de repente nos era oferecida e que podíamos explorar para os mais variados fins.

Confesso que primeiro me tornei leitora, observadora (voyeur) dos blogs dos outros, e logo depois porque gosto de experimentar coisas novas, achei que era uma boa altura de testar a sua utilidade como ferramenta de apoio às aulas. Com o sempre precioso e indispensável apoio da Mónica, surgiu o “pensar e discutir” e depois o “pensar discutir2”.

Esta minha primeira incursão no mundo da blogoesfera, foi limitada e continuei a manter-me numa posição “utilitarista”, mas não entusiasta. Os “pensar e discutir” cumpriram a sua função principal de repositório onde os alunos podiam ir buscar materiais, mas não foram o espaço de discussão que o nome sugeria (a culpa é toda minha porque não a estimulei, por várias razões, mas a falta de tempo é a principal... é que estas coisas consomem muito tempo!).

Mas à medida que o B2OB crescia e eu passei da categoria de “voyeur” para outra pior, a de “parasita” (isto é, quando não me lembro de onde está a informação que preciso, vou lá ver que se calhar já a Mónica encontrou e registou), fui-me apercebendo também que a ferramenta estava mais rica e mais fácil de usar.

E foi assim que decidi arriscar nesta edição do GUS e do GPF uma abordagem totalmente diferente à disciplina “Sistemas de Informação”. Tendo em consideração os perfis dos alunos, por que não centrar a abordagem na Gestão de Informação ao nivel do Individuo, em vez da habitual abordagem à Gestão de Informação nas Organisações?

E assim surgiu este “outro espaço”, base de apoio ao trabalho que se iniciou com os alunos. E desta vez sim, parece-me que iremos a partir desta “experiência pedagógica” inovadora, ficar com algo mais: uma Comunidade (de prática) de pessoas interessadas em partilhar informação, experiências, vivências... e dessa forma a enriquecer o seu conhecimento em áreas do seu interesse e ou a criar interesse por áreas antes desconhecidas.

É esse o potencial desta ferramenta! Eu gostei da experiência. E vocês?

MJ Barrulas

domingo, Abril 10

Conhecer, utilizar e adaptar

Ao longo destes últimos dois meses fomos observando as transformações que tiveram lugar. Inicialmente, antes de alguns de vós conhecerem e terem contacto com esta ferramenta, observámos as vossas preocupações e fomos intercalando momentos de exposição com momentos de prática. Desde logo foi notório o vosso empenho e vontade de conhecer e explorar novos conceitos e ferramentas. A tónica numa gestão integrada da informação em torno das necessidades profissionais e individuais de cada um, deu lugar a uma abordagem sobre:
  • Sistemas de Informação enquanto parte integrante da Gestão da Informação (GI)
  • GI individual e Weblogs enquanto ferramenta de suporte
  • Fontes de Informação e Técnicas de Pesquisa

Na passada sexta-feira, tivémos a oportunidade de assistir às vossas apresentações e de descobrir como cada um se apropriou da ferramenta e dos conceitos e os aplicou às temáticas escolhidas e à forma de as abordar. São diversos os temas que cada um escolheu, todos eles relacionados com a prática profissional e com as necessidades de informação de cada um. Foi reconfortante verificar que entre muitos deles existe, mais do que necessidades individuais de informação, uma vontade de partilhar práticas e conhecimentos. É nesse valor da partilha que assenta, em grande parte, o potencial dos weblogs, encurtando as distâncias e prolongando o espaço de aprendizagem.


PS - Claro que há outros momentos, não menos importantes, como o que a Alice disponibilizou no seu blog ;-)

[material de Apoio] Bibliografia e recursos sobre GI

Para além da bibliografia e referências bibliográficas sobre weblogs, Gestão de Informação e GI Individual (no final desta entrada), fornecidas nos slides das unidades 3 e 4, pp. 23-26, e tal como combinado, deixo agora a ligação para o espaço Pensar e Discutir. Debaixo da secção de "Materiais" e "Referências", desse weblog, encontram bibliografia e recursos adicionais.

terça-feira, Março 8

Blogs: partilhar para aprender com os outros

Estava a fazer o meu «passeio de almoço», junto dos vossos blogs, e encontrei o «Saúde Oral» que me chamou a atenção: texto intercalado de imagens. Apesar de só ter referido como é que se re-utilizavam e disponibilizavam imagens nos blogs, a autora do blog descobriu um recurso que lhe permite carregar as imagens pretendidas e gerar o código, pronto a ser adicionado no corpo do post: ImageCave - Free Image Hosting and Photo Sharing. Fica então mais este recurso, descoberto por uma colega vossa.

NOTA: A difusão da utilização dos blogs tem estado associada a esta aprendizagem que vai passando de uns para outros. Ou seja, a capacidade de incorporar o que outros aprenderam, sem termos que ir percorrer todos os passos.

domingo, Fevereiro 27

[artigo] Potencial da utilização dos Blogs

O artigo The Potential Use of “Blogs” in Nursing Education, de Maragaret Maag, fornece um quadro resumido sobre as diferentes vantagens dos blogs, tanto na perspectiva de formandos como de formadores:

"Students reading classmates' blogs as group work or part of an electronic social dialogue may motivate students to read more and increase the transfer of knowledge and enhance vocabulary skills. Instructors also may benefit from reading their own personal blogs or student's course work blogs as a means to reflect on their own practice as a healthcare educator. Furthermore, instructors may wish to read blogs written by educators from other disciplines as a pedagogical practice in order to stay current in one's profession. Healthcare educators may enhance their knowledge by reading RSS feeds from learning object repositories in order to keep up-to-date on current instructional methods."


Vale pena ler o artigo completo, dado que o enfoque se centra nos profissionais da saúde.

sexta-feira, Fevereiro 25

[material de apoio] Unidades 5, 6, 7 e 8 já disponíveis

Avaliando pelo número de acessos registados hoje, neste blog, diria que estão a ter aulas no laboratório ;-)

A todos os que vierem aqui consultar, aproveito para informar que os slides de apoio da Dra. IA, já se encontram disponíveis na barra lateral, secção de «Materiais de apoio».

Continuação de boas pesquisas.

domingo, Fevereiro 20

[exemplo] Blogs como extensões do mundo através de redes

Para quem quer compreender melhor a importância dos blogs, sugiro um outro olhar, que toca numa das questões que foram faladas na sessão presencial: a criação de redes que ao longo do tempo se podem transformar em comunidades de prática (CoP, slide 11, unidades 3 e 4). Reparem também nos comentários que foram feitos nessa mesma mensagem pois talvez reconheçam pontos que intersectem os vossos ;-)

"para já enquanto organizo a minha "corrente" de informação, vou bebendo da fonte daqueles que já organizaram a sua!!!"